top of page

Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis Iocarpus )
Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )

Espécie tipicamente brasileira, ocorre na mata-atlântica do Espirito Santo e Minas Gerias até Santa Catarina. Sua regeneração natural na floresta é bastante rara. Porém, é bastante utilizada em pomares domésticos.


Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )
Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )

Como a maioria das ´´Myrtaceas´´ possui uma floração e frutificação abundante mas de curta duração. Sua floração ocorre em Outubro-Novembro e sua Frutificação em Novembro-Dezembro.


Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )
Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )

Sua floração é melífera, atraindo diferentes espécies de abelhas nativas. Sua frutificação também atrai varias espécies de pássaros. Existem variedades de Grumixama com frutos pretos, amarelos e vermelhos.


Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )
Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )

Da mesma forma que as outras árvores da familia, os frutos se prestam tanto para o consumo in-natura como para o preparo de doces e geleias. Mas com o mesmo inconveniente de serem habitualmente parasitados pela ´´Mosca da Fruta´´ ou ´´Bicho de Goiaba´´.


Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )
Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )

É uma árvore de copa frondosa e densa. Pode passar de 10 metros de altura na natureza. Mas raramente fica com mais de 5 metros em cultivo.


Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )
Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )

Aprecia qualquer tipo de solo com uma boa umidade e fertilidade natural. Pode ser cultivada tanto a sol pleno quanto na meia sombra. Também é uma ótima opção para cultivo em calçadas e arborização urbana. Seu único inconveniente é a sujeira provocada pela queda e tintura dos frutos que podem manchar roupas, carros ou revestimento em calçadas.



Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )
Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )


Mudas a venda em:





Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )
Grumixama Preta ou Grumixame ( Eugenia brasiliensis iocarpus )



54 visualizações0 comentário

Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )
Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )

Trata-se de uma espécie tipica da Mata-atlântica, ocorrendo da Bahia a Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. Geralmente associada a áreas úmidas e matas de galeria da Floresta estacional Semi decidual.


Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )
Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )

Apesar do nome popular, a espécie não possui nenhum parentesco ou utilização como ´´Café´´. Sendo uma espécie da mesma Família da Babosa Branca (Cordia superba) e do Louro Pardo (Cordia trichotoma). Já seu outro nome ´´Porangaba´´ é emprestado a uma cidade no interior de São Paulo, onde a espécie costumava ser frequente.


Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )
Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )

Seu florescimento ocorre de Outubro a Dezembro, e suas flores são melíferas atraindo diversas espécies de abelhas Nativas. Já a frutificação ocorre a partir de Janeiro, e seus frutos globosos e vermelhos permanecem na árvore por bastante tempo, além de super ornamentais, atraem inúmeras espécies de Pássaros.


Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )
Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )

A espécie possui rápido crescimento e pequeno porte quando cultivada, raramente atingindo mais de 5 metros, podendo ser aproveitada para plantio em calçadas e arborização das cidades. Sendo também uma espécie interessante no reflorestamento e recuperação de áreas de nascentes e mananciais. Pode ser cultivada tanto em sol pleno quanto em meia sombra.


Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )
Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )


Mudas dessa linda árvore Nativa disponíveis em:




Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )
Café de Bugre ou Porangaba ( Cordia ecalyculata )



53 visualizações0 comentário


Apesar de se conhecido popularmente por ´´ Araçá ´´, essa espécie não é próxima e nem possui nenhuma semelhança com as espécies tradicionais de Araçá do gênero ´´Psidium´´. Sendo na verdade uma espécie mais próxima e mais aparentada com a Uvaia ( Eugenia pyriformis ).



A espécie ocorre naturalmente em ambientes úmidos, aparecendo em matas ciliares a nas margens de rios e nascentes da Mata pluvial atlântica (Ombrófila densa), desde o Sul da Bahia até o Litoral do Paraná.



Na mata chega atingir até 15 metros de altura, mas raramente passa dos 5 quando cultivada em pomares ou calçadas a céu aberto.



A Frutificação da espécie coincide com o período chuvoso, Janeiro a Março. O Araçá Piranga produz grande quantidade de frutos amarelos de casca aveludada, semelhante a um pêssego, com polpa espessa e carnosa, de sabor agradável e levemente adocicado. Os mesmos podem ser tanto consumidos em natura quanto processados em forma de sucos, doces e sorvetes.



Os frutos também atraem diversas espécie de animais. E como toda árvore da Família Myrtaceae as flores são de curta duração, porém melíferas. Além de frutífera o Araçá Piranga possui um tronco extremamente ornamental, que pode alterara de tonalidade no decorrer do ano, variando desde um leve acastanhado, laranja e até vermelho. O próprio nome ´´PIRANGA´´ vem do tupi e significa “vermelha´´ em alusão a tonalidade do tronco.



De fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra, sendo que nessa ultima desenvolve-se mais e mais rápido. A pleno sol a espécie cresce menos, porém mais lentamente. Pode ser plantada formando alamedas ou calçadas sob fiação elétrica. Aceita a maioria dos climas e solos brasileiros, desde que receba irrigação frequente em locais de período muito seco.



Devido a rápida perda de germinação das sementes, esta espécie só é possível comercializar em forma de mudas sazonalmente:





34 visualizações0 comentário